quinta-feira, 1 de maio de 2014

Primeiro 1º de Maio

Foi assim, pá! E que saudades... 

1º Maio 74 no Porto - foto de Sérgio Valente


(...)

Depois da tempestade há a bonança
que é verde como a cor que tem a esperança
quando a água de Abril sobre nós cai.

O que é preciso é termos confiança
se fizermos de maio a nossa lança
isto vai meus amigos isto vai.

Ary dos Santos


5 comentários:

  1. Ninguém que o viveu o pode esquecer. Algures estou aí com as crias, duas às cavalitas, pai e mãe, e a + velha pela mão. Vestia uma jardineira branca e uma camisola (à portuguesa, não tee-shirt, à inglesa) VERMELHA - O MESMO AS FILHAS. INESQUECÍVEL ESSE TEMPO DE LIBERDADE, IGUALDADE E FRATERNIDADE QUE SE VIA e vivia nos rostos, olhares de cada um como se não mais houvesse desconhecidos mas uma grande irmandade pela 1ª vez descoberta.

    ResponderEliminar
  2. Cerremos os punhos e ganhemos a vontade indomável de fazer com as nossas mãos que Abril de 74 se cumpra destruindo com as nossas mãos a corja do 25 de Novembro de 1975. A corja que já há 39 anos nos rouba Abril de 74. CHEGA!

    ResponderEliminar
  3. Recebi este email da Fátima que agradeço em meu nome e no da equipa do "Chuviscos". Como achamos muito interessante, vamos inseri-lo aqui:
    "Zé Gomes, estimado Amigo

    1-Eu lembro-me do 1º de Maio, no Porto, mas do movimento na Baixa, onde as pessoas subiam e desciam Santo António e os Clérigos. Mas fui andando. Não parei, nem na Avenida dos Aliados. Gostei de sentir o ambiente festivo, mas sereno, pelo menos foi esta a ideia que me ficou. E fui andando, talvez em direcção à Praça dos Leões, em cujas redondezas teria estacionado. Ou então a caminho da casa onde estava hospedada, na Rua do Mirante. Está tudo muito esbatido!
    Multidão como aquela, raramente se viu, mesmo nos comícios que ali vieram a ocorrer e que algumas vezes atraíram muito público.
    2-Revisitei os 'chuviscos'. Gostei muito de ler, com mais atenção que na ocasião o recebi pela primeira vez, aquele que contém a "entrevista" a Pedro Homem de Melo!
    Tem Beleza, Arte e Ensinamentos! Muitos parabéns, Zé, e grata pela lição.
    Fátima Castro"

    ResponderEliminar
  4. Em nome da equipa deste Blogue e porque ABRIL e MAIO nos dizem muito, queremos agradecer os vossos comentários.
    Que Maio seja sempre o reflexo de ABRIL no caminho para o FUTURO que foi sonhado pelos Homens que tornaram Abril possível.
    Um abraço,

    ResponderEliminar
  5. Obrigada amigo José Gomes, por nunca deixares esmorecer o sonho e a luta!!
    Beijinho e abraço!
    Manuela

    ResponderEliminar