quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Timor em Bonjóia - Parte V

Victor Freitas é um amigo recente que vive lá para as bandas de Lisboa. Conheceu a Maria Mamede pela Net através da Poesia. A sua paixão por Timor foi o elo que rapidamente nos uniu. Foi recordando o passado que se cimentou uma amizade.

Quando estruturamos “Timor – Quinta da Bonjóia” o nome do Vicor foi sugerido. Seria interessante dar o seu testemunho daqueles anos que passou por Timor. A distância seria um problema pois ele vive em Lisboa e este Serão seria numa quinta-feira às 21,30 horas.

O Victor logo se desponibilizou não só a estar presente como a pintar dois quadros que presentaria aos timorenses presentes.

Esse testemunho está no vídeo que se segue. As palavras que antecede a leitura do poema Timor, de autoria da Maria Mamede, demontra o carinho e a amizade por aquele Povo com quem conviveu durante dois anos.

Obrigado Victor Freitas pela tua presença e pelo teu testemunho.

NOTA:

(para ouvir esta interpretação do Victor Freitas, na caixa "Os sons da chuva..." - aba do lado direito - cliquem no botão do meio para desligar o som de fundo).

José Gomes







Sem comentários:

Enviar um comentário