terça-feira, 9 de outubro de 2007

Che Cuevara - Hasta la victoria siempre


"No momento em que for necessário, estarei disposto a entregar a minha vida pela liberdade de qualquer um dos países da América Latina, sem pedir nada a ninguém..."


Che Guevara



1967

Após onze meses de luta, a guerrilha boliviana foi dizimada pelos "Boinas Verdes Quíchuas", tropas de elite do exército boliviano, treinadas pelos EUA especialmente para esse fim.

Che Guevara foi ferido e capturado no dia 8 de Outubro e levado para a aldeia de Higueras onde chegou a ordem do presidente boliviano René Barrientos: Che Guevara deve morrer.

Che Guevara foi executado no dia 9 de Outubro, pelo capitão Gary Prado Salgado, chefe da companhia de rangers do 2. Regimento.

Na sua morte não houve poeta ou cantor que não lhe tenha dedicado os seus poemas ou as suas canções.

Che Guevara foi chorado em todo o mundo e já nas manifestações estudantis de 1968 em França, o seu rosto apareceu impresso em bandeiras, posters, livros, camisas, boinas, numa repercussão jamais alcançada por nenhum líder político em toda a História.

José Gomes

8 comentários:

  1. Belas iniciativas: a escrita, a música e o tributo que prestarão a Che Guevara. Conta tudo, depois; tenho pena de não poder estar lá convosco...

    ResponderEliminar
  2. Hasta la victoria! Hasta siempre, CHE!O sonho não morrerá.

    Linda e comovente homenagem.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Mas o sonho de liberdade continua em nossos corações.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  4. Que bonita homenagem.....
    Hasta la victoria!
    Patria o muerte!

    Abraço

    ResponderEliminar
  5. Viva EL CHE!
    «Esa ola irá creciendo, cada día que pase.[...]esa ola ya no parará más.»

    ResponderEliminar
  6. Tal como Ele, pelo sonho e pelo Amor é que vamos!...

    Beijos


    maria Mamede

    ResponderEliminar
  7. heloisa diaman19/2/08 23:00

    A dimensão de uma vida como a do Che Guevara transcede em muito o cinema, e livros , revistas. Qualquer tentativa de narrara sua trajetória completa seria um exercício redutor.

    ResponderEliminar