quinta-feira, 31 de maio de 2007

Novo dia...


Um acordar sombrio...

Será prenúncio de tempestade?

Foi um acordar diferente, com qualquer coisa de estranho a pairar no ar. Um silêncio rasgado pelos sopros do vento, fustigado pela água da chuva... as árvores agitam as suas folhas verdes e as pessoas que passam por mim aconchegam mais a roupa...

"Agita-se a natureza, agita-se o meu coração"...

José Gomes

5 comentários:

  1. Gosto do novo ar do blog e toca a levantar esse astral:)
    beijos

    ResponderEliminar
  2. E Augusto Gil dizia qualquer coisa como isto: " Cai neve na Natureza e cai neve no meu coração" (Balada da Neve). O que é certo é que não nos é indiferente o estado do tempo. Isto é, se a natureza é fustigada pelo mau tempo também o nosso estado de espírito não deixará de sentir esse mau trato.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. José Gomes

    um acordar diferente hoje aqui, o meu, neste seu espaço delicioso

    adorei!

    a chuva, os ventos, os silêncios rasgados, misturam-se nas folhas secas, mas as pessoas de quem gostamos aconchegam-nos a alma e aquecem-nos o coração

    gosto do que escreve José Gomes

    obrigada pela manhã, mesmo agitada, o sentir é importante

    um abraço meu

    lena

    ResponderEliminar
  4. A tempestade também se pode tornar bela, depende da perspectiva que dela temos...

    Um abraço

    ResponderEliminar