quarta-feira, 21 de março de 2007

Hino à beleza da Terra

Entardecer - Praia do Molhe - Foz do Douro - Porto


Assinala-se hoje o “Dia Internacional da Eliminação da Discriminação Racial”, uma data estipulada pelas Nações Unidas em memória do massacre de Sharpeville, na África do Sul, onde a polícia disparou e matou 69 pessoas e feriu 169 numa manifestação pacífica contra as “leis do passe”, do Apartheid, em 1960.

Hoje, também, é o “
Dia Mundial da Poesia”, instituído pela UNESCO na 30ª Conferência Geral, em 1999.

Comemora-se igualmente o “
Dia Mundial da Árvore”, efeméride assinalada no início da Primavera no Hemisfério Norte.

Como saudação à Primavera e um apelo para que todos olhem por esta "nave azul", deixo-vos com o "Hino à Beleza do Mundo":

Hymne à la beauté du monde


Ne tuons pas la beauté du monde.
Chaque fleur, chaque arbre que l’on tue,
Reviendront nous tuer à son tour.

Ne tuons pas la beauté du monde,
Ne tuons pas le chant des oiseaux,
Ne tuons pas le bleu du jour.

Ne tuons pas la beauté du monde.

La dernière chance de la Terre,
c’est maintenant qu’elle se joue.

Ne tuons pas la beauté du monde,
faisons de la Terre un grand jardin
pour ceux qui viendront après nous!


Poema
: Luc Plamondon
Música
: Christian St Toch
Intérprete
: Isabelle Boulay



Hino à beleza do mundo


Não matem a beleza do mundo.
Cada flor,cada árvore que se mata
Virão um dia nos matar-nos.

Não matem a beleza do mundo,
Não matem o canto dos pássaros,
Não matem o azul do dia.

Não matem a beleza do mundo.

A última oportunidade da Terra,
É agora que ela se joga.

Não matem a beleza do mundo,
Façamos da Terra um grande jardim

Para aqueles que virão depois de nós!

Poema: Luc Plamondon
Música:
Christian St Toch
Intérprete:
Isabelle Boulay

Tradução: José Gomes


--------------------------

É só clicarem aqui e ouvir Isabelle Boulay interpretando "L'hymne à la beauté du monde".

-----------------------------------

José Gomes


4 comentários:

  1. Bom post e belo o Hino à beleza do Mundo:)
    beijos

    ResponderEliminar
  2. É importante que estes dias sejam relembrados ao longo dos anos.
    No primeiro caso, urge ainda hoje que o mundo acorde.
    Belo poema. Viva a Primavera e renascer da natureza.

    ResponderEliminar
  3. جيد عطلة نهاية الاسبوع

    ResponderEliminar
  4. Sempre a relembrar o que é mais doloroso e importante!
    Tristemente, o infindável egoísmo e a indiferença humana, porão sempre a sua mancha na eterna beleza da natureza, na liberdade do próximo! Felizmente sabemos, ou infelizmente não queremos saber, que esta, ao contrário de nós, sempre se renovará! Bji

    ResponderEliminar