domingo, 28 de maio de 2006

Ai Timor!...

"Quando é que elas vão poder voltar a rir assim?!..." - foto de Prof. A. Serra

Realmente cansei de ouvir, ler e ver tanta notícia sobre Timor-Leste que no fundo além de se contradizerem, deixam transparecer qualquer coisa que não está completamente correcta.
Não quer dizer que Timor-Leste não esteja a passar por um período mau, o primeiro grande choque dos seus quatro anos de Nação livre e independente.
Mas no meio deste choque de crescimento tenho a certeza que grandes interesses internacionais estarão a mexer os cordelinhos, não para pôr água na fervura, antes atiçando as brasas... ai petróleo, petróleo, a quanto obrigas!

Pois ao ler hoje o blog "Do Alto do Tatamailau" (http://tatamailau.blogspot.com/) de um profundo conhecedor de Timor, de todas as crónicas que tenho lido e dos emails recebidos directamente de Timor, foi esta que - além do humor que consegue transmitir! - aponta de uma forma sintética a razão porque a GNR já lá deveria estar...

Depois de ter o seu consentimento, deixo-vos com a leitura do blog, com alghuns destaques da minha lavra... ah! E como não gosto de textos muito longos, resolvi fazer parágrafos.

Penso que será mais fácil assim obrigar-nos a pensar...

Obrigado, Manuel L. Almeida, pela seu amor e dedicação a Timor, pelo texto e pela foto - e até pela legenda que sugeriu.

"28 Maio 2006

À atenção do Sr. Engº, do Sr. Prof. e do Sr. Dr!...

O que está a acontecer e a relativa ineficácia (aparente?) da intervenção australiana até ao momento eram de esperar...

As forças armadas --- nenhumas FA em lado nenhum do mundo --- não estão preparadas para a "reposição da ordem pública"; isso É tarefa das polícias, nomeadamente das "polícias de choque".

Isto é: os australianos foram chamados para susterem determinado "inimigo", essencialmente militar (Reinaldos, Salsinhas FDTL contra PNTL, etc.), e afinal o inimigo com que se deparam é outro: as várias "turbas" que andam a pôr a cidade a ferro e, principalmente, fogo.

Moral da história, Sr. Eng.º, Sr. Prof. Doutor e Sr. Ministro Dr. António Costa: o que está em causa em Díli é trabalho para a GNR e não para um exército, que não está equipado nem preparado (não foi treinado) para este tipo de operações.

Por isso seria essencial --- E-S-S-E-N-C-I-A-L! --- que enviassem a GNR JÁ e não "às mijinhas"!... (desculpem o palavreado mas por vezes não há como falar português "vernáculo" para ver se a gente se entende!...)

Pelo menos envie 80 GNRs agora e 40 depois em vez de ao contrário!...


Não se preocupe com o facto de eles não poderem dispor dos GMCs para irem para o "trabalho"! Eles anteriormente "torravam" dentro daquilo e estou certo que meios de transporte em Díli não lhes vão faltar!


Os japoneses deixaram lá muitos camiões mas se esses não chegarem os nossos GNRs até de "mikrolete" vão!...


E não se esqueçam de levar muitas bandeiras de Portugal! O Jumbo está a vendê-las a 1€... :-)

Estes 80 mais o que resta da UIR treinada pela GNR serão muito úteis!

Porque é que temos de chegar sempre atrasados a todo o lado?!...

E não tenham medo porque eles não vão tomar partido por nenhuma das partes em confronto --- se é que há partes em confronto...


Eles vão simplesmente tomar partido... pelos timorenses! Pelo povo timorense que morre todos os dias na rua e em suas casas, queimadas pela "maltosa" que anda à solta. Garanto-vos que só o grito de "GNR!..." vai ser suficiente para a maior parte dar "às de vila diogo"!...


De tal forma que quando eles lá estiveram se brincava dizendo que a GNR tinha sempre que actuar com um "carro vassoura"... para apanhar as xanatas que a malta deixava pelo caminho quando fugia!...

PS:

- Os Srs. Ministros não sabem o que é uma mikrolete? Não se preocupem. Os GNR sabem... É assim uma coisa do tipo Toyota Hi-Ace mas que em vez de levar 6-9 passageiros leva 16-19...


Mais os sacos de arroz, os cachos de bananas…


Sem contar com as galinhas e o peixe penduradas por fora!


posted by Manuel Leiria de Almeida @
Domingo, Maio 28, 2006 "

----------------------------------------

Foi com este apontamento que M.L.A., um homem que conhece bem a realidade de
Timor, tentou dar uma ajuda áquele Povo, num recado aos nossos governantes... e não só!
Espero que estas sugestões não caiam em saco roto.

---------------------------------------------------

Carlos Paredes - "Asas sobre o Mundo"

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

6 comentários:

  1. Que o povo timorense possa cumprir a sua esperança de viver livre e independente! Infelizmente, muitos interesses se mexem por ali.
    Parece que a GNR vai... quantos e quando é que vamos ver.
    Beijinhos a toda a gente

    ResponderEliminar
  2. terrível esta situação.
    Qnd me pergutam o k se passa, automáticamnrte respondo: petróleo.
    Depois segue-se, da parte de quem me qestionou, uma lista de "outras" razões...
    Tá tá....razõs há muitas.
    É como os chapéus....
    Bj Zé

    ResponderEliminar
  3. Olá José,

    ora até que enfim que consigo comentar... deixei um comentário no seu blog de teste, não sei se recebeu

    agradeço o seu mail e desejo-lhe uma boa tarde

    um beijinho para si,

    alice

    ResponderEliminar
  4. Timor fragilíssimo e distante
    Do povo e da guerrilha
    Evanescente nas brumas da montanha

    Cantos danças ritos
    E a pureza dos gestos ancestrais

    Em frente ao pasmo atento das crianças
    Assim contava o poeta Rui Cinatti
    Sentado no chão
    Naquela noite em que voltara da viagem
    (...)
    Sophia de Mello Breyner Andresen

    Como me deixa triste estas guerras...
    sem nexo nenhum...

    ResponderEliminar